mesa2.png

Tecnologia a serviço da memória

Com mais de 15 anos de atividade, o estúdio de criação Núcleo Zero tem se voltado para a cultura alagoana em diversos documentários, curtas metragens de ficção e  animações. 

A empresa passou também a experimentar novas tecnologias para expandir as possibilidades narrativas. Foi pioneira na realização de espetáculos de projeção mapeada com conteúdo histórico e cultural no estado, e especializou-se em produção de conteúdo digital para museus e exposições, utilizando técnicas como a Realidade Virtual (VR) e realidade aumentada. 

Entre as iniciativas pioneiras em Alagoas estão a  visitação em 360° ao Museu Théo Brandão de Antropologia e Folclore (MTB), equipamento cultural cujo acervo é a maior referência da rica cultura popular do estado, além da visitação a exposição de arte do Anexo Teatro Deodoro.  

O recém inaugurado Centro de Cultura e Memória do Tribunal de Justiça de Alagoas trouxe a oportunidade para um avanço na pesquisa em tecnologia para espaços museográficos.  

Aberto para visitação em 360, o Centro  proporciona uma verdadeira imersão nos três séculos de história da Justiça alagoana, mostrando seu impacto no desenvolvimento social do estado de Alagoas. 

O conceito do espaço une um acervo museográfico raro - composto por documentos e objetos que testemunharam momentos históricos fundamentais - com conteúdos digitais multimídia para construir uma narrativa instigante e atraente para todas as gerações, em sintonia com a história do Brasil e do mundo.  

 

O PERCURSO 

SALA 1 - A ARQUITETURA DA JUSTIÇA 

 

Ao entrar no Centro de Cultura e Memória do Tribunal de Justiça de Alagoas o visitante encontra uma sala dedicada aos episódios fundadores do TJ/AL, tendo como marco inaugural a vereação do primeiro ouvidor  em 1712. A linha do tempo caminha até o ano de 1912, quando o TJ/AL ganha como sede o prédio projetado pelo italiano Giovanni Luigi Giuseppe Lucarini (1842-1907).

 

MESA 360

 

A primeira sala do Centro traz também uma das experiências mais expressivas de todo o espaço: uma mesa que apresenta uma maquete em 3D do prédio, com conteúdos de projeção mapeada ativados de forma interativa. Uma tecnologia que será utilizada pela primeira vez num museu de Alagoas. 


 

SALA 2 - MARCAS HISTÓRICAS 

A sala Marcas Históricas é dedicada a um trajeto por fatos modernizadores da justiça alagoana, mostrando como o TJ/AL assimilou as transformações vividas pela sociedade nos últimos 3 séculos, sejam mudanças tecnológicas como a chegada dos primeiros computadores e a internet, sejam os avanços políticos e sociais, a exemplo do nascimento da República Brasileira (1889); a  Declaração Universal dos Direitos Humanos (1948), e a promulgação da "Constituição Cidadã" (1988).  

Em paralelo, a linha do tempo também apresenta outras marcas históricas que representaram enormes desafios para a Justiça de Alagoas e tiveram repercussão no Brasil e no mundo. Nela o visitante conhecerá os desdobramentos jurídicos de casos emblemáticos como o assassinato de Delmiro Gouveia (1917), o impeachment de Muniz Falcão (1957), sangrento episódio que marcou o primeiro caso de impedimento de um governador brasileiro, entre outros marcos da memória alagoana. 


 

SALA 3 - GRANDES JURISTAS DE ALAGOAS 

 

A sala Grandes Juristas de Alagoas apresenta uma galera com os nomes dos mais ilustres representantes da Justiça no estado, de Barão de Penedo a Jayme de Altavilla, com destaque para as contribuições deixadas por cada um deles.  A linha do tempo dedicada aos grandes juristas também enfatiza alguns marcos sociais como a primeira juíza mulher do estado, Nelma Torres Padilha.    



TOTENS MULTIMÍDIA 

 

Distribuídos por diferentes salas do Centro de Cultura e Memória do Tribunal de Justiça de Alagoas, quatro totens multimídia oferecem para o visitante a possibilidade de consulta a fotos histórias, íntegra de processos raros em PDF, e vídeos de entrevistas com estudiosos e pesquisadores sobre os temas abordados no museu.

 

TOTEM REALIDADE AUMENTADA

Um dos totens multimídia do museu utiliza um recurso de interatividade por meio da realidade aumentada, possibilitando que o visitante tire fotos com personagens históricos e publique as imagens em suas redes sociais.